Blog

Peça: “O CORTIÇO” – Teatro Nelson Rodrigues

Guarulhos, 15 de Abril de 2014.

Prezados Pais e/ou Responsáveis

Visando o bom desempenho pedagógico, voltado à área literária, convocamos nossos alunos a assistirem a Peça: “O CORTIÇO” de Aluísio de Azevedo, no dia 29 de Abril de 2016 as 20 h no Teatro Nelson Rodrigues, em Guarulhos.

Sairemos do Colégio as 18 h 30 min com retorno previsto para 22 h 15 min, de ônibus fretado, com acompanhamento de alguns Professores e Coordenadora do Ensino Fundamental II.

O valor de R$ 33,00 deverá ser pago, na Coordenação, aos cuidados de Fernanda Fustinoni, até o dia 18/04/2016.

RESENHA DA PEÇA

A peça se passa no século XIX, num cortiço localizado no Rio de Janeiro, onde seus personagens são resultado das influências da raça, do meio e do momento histórico.

Um dos personagens é João Romão, que luta para acumular capital, explorando seus empregados, mentindo e até mesmo furtando para conseguir atingir seus objetivos.

João Romão é o dono do cortiço, da taverna e da pedreira. Junto dele está Bertoleza, que enganada por João de ter conseguido sua alforria, o segue de domingo a domingo no trabalho e na conquista de seu patrimônio.

Em oposição a João Romão, surge a figura de Miranda, que depois de uma briga por uma braça de terra se torna inimigo de João, levando-o a se esforçar para enriquecer mais que seu oponente.

O cotidiano do cortiço é mostrado, por meio dos seus habitantes que ali vivem e se relacionam entre eles e com o meio: Piedade e Jeronimo (um casal de portugueses), Rita Baiana, Macha, Pombinha, entre outros.

Para Aluísio de Azevedo e para o movimento naturalista, o meio tem funções transformadoras, dessa forma, o cortiço se torna personagem principal da obra e está vivo, assim como os seus habitantes.

O espetáculo trata de vários temas como escravidão, exploração do homem pelo homem, sexualidade e injustiça social.

Duração do espetáculo: 1 h 20 min.